Em Portugal

Vista do Rei –  Postal de São Miguel


Impressionante a beleza que se avista daqui de cima, não existe melhor postal para ilustrar a Ilha de São Miguel, ou mesmo os Açores  do que a vista do Rei.  Assim chamado desde a visita do rei D. Carlos e da rainha Dona Amélia, os quais se deslumbraram com o que viam.
Mas para quem por aqui passa não consegue ficar indiferente ao edifício abandonado bem nas minhas costas e que detém  a mais bela vista para a Lagoa das sete cidades, nem sempre é assim como a vi hoje devido ao nevoeiro. Desta vez tive sorte com o tempo, e a vista é deslumbrante! Imaginar que em tempos foi possível acordar e ter esta vista na janela de um quarto de hotel. Pode ser uma das particularidades aquando da escolha de um hotel para as férias!!! A vista. O Hotel Monte Palace tinha a vista, sem duvida, mas por vezes não se via…. Irónico! Dizem que foi a razão pela qual o hotel teve pouco sucesso e  fechou….. parece estranho, para quem ali vai, para quem lá trabalhava, mas a verdade é que nem sempre o hotel estava cheio. Inaugurado em 1989, com mais de 90 quartos, dois restaurantes, bares, discoteca esteve de portas abertas apenas 19 meses.  Segundo quem por lá passou, apenas os fins de semana eram de muita diversão. Com futuro incerto, esteve guardado até 2010, depois disso foi vandalizado e tudo desapareceu do seu interior.
Sobram as paredes e a vista….
O Hotel Monte Palace já foi cenário de filmes, local de treino de forças de segurança, personagem principal do programa ”Abandonados” da  SIC Noticias, mas nada aconteceu. Hoje em dia é visitado por milhares de turistas que a ele acorrem para levar de recordação a melhor vista da ilha!
Arrisco-me a dizer, um dos cenários mais idílicos do nosso país! Gostaria de poder voltar a escrever sobre este lugar…. com a boa nova de que ali teria sido recuperado, o Hotel Monte Palace para poder  usufruir da vista e do conforto de um quarto de hotel, sem o receio que o tecto nos caia em cima!
 
 
 

1 comment

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *